É, os negócios da empresa mais valiosa do mundo vão de vento em tabua. Comparando com os números do lançamento dos outros 2 iPads, o modelo 2012 foi destruidor. A Apple não é conhecida por jogar números dessa maneira no ar, sempre esperam pelo final do semestre financeiro. Mas3 milhões de iPads vendidos desde seu lançamento em 12 países diferentes no dia 16 de março foram motivos o suficiente para a Apple anunciar o novo record. Nenhum dos seus irmãos mais velhos havia ultrapassado a marca 700 mil exemplares vendidos no curto espaço de tempo, levando a maça a anunciar que essa foi o lançamento mais forte de um iPad até hoje. Agora ela pretende aumentar ainda mais esse númerozinho aí no dia 23 de março, quando o gadget será lançado em mais 24 países e o Brasil, claro, não faz parte da lista.